Alemanha, Dresden

8 sítios a visitar em Dresden, na Alemanha

Dresden Alemanha Mundo Indefinido

Já ouviste falar em Dresden? Se és aficionado pela Segunda Guerra Mundial, esta é uma cidade que não te é indiferente. Mas se as aulas de história são apenas uma memória distante, o mais provável é que este nome não te diga absolutamente nada. No entanto, para melhor se perceber Dresden, temos de conhecer um pouco da sua história.

Dresden foi um importante centro cultural durante o século XIX e início do século XX. Escolhida como residência dos reis da Saxónia, esta cidade banhada pelo rio Elba era um respeitável pólo artístico. Assim se foi mantendo, rica em cultura, ao longo dos anos. Até que um bombardeamento a deixou quase completamente destruída no final da Segunda Guerra Mundial, onde morreram cerca de 25 000 pessoas. O ataque, por parte dos Aliados, foi visto por alguns como desnecessário: a guerra estava no fim e Dresden era uma cidade erudita, com pouca ou nenhuma importância militar. Também conhecida como Florença do Elba, Dresden voltou a erguer-se, conseguiu reconstruir-se, manteve as suas tradições, e reafirmou-se como centro cultural e artístico, sendo hoje uma das cidades mais interessantes que conheci.

Tive a oportunidade de ir a Dresden no inverno, tendo sido de lá que dei as boas-vindas a 2017. É certo que há muito mais a visitar na cidade, mas escolhi os 8 locais que mais gostei de conhecer (sem ordem de preferência). Vamos a isso?

1. Frauenkirche

Frauenkirche (Igreja de Nossa Senhora) é um dos símbolos de Dresden. Esta igreja luterana encontra-se bem no centro histórico da cidade, mas a Frauenkirche original foi destruída no bombardeamento de 1945, numa altura em que teria perto de 200 anos.

No final da guerra, o que restou da igreja foi mantido. As pedras que resistiram foram numeradas e empilhadas no centro da cidade, e ali ficaram durante todo o tempo em que a Alemanha esteve dividida e Dresden fazia parte da República Democrática Alemã (controlada pelos soviéticos). A ideia inicial era que se construísse um parque no local onde se encontrava a igreja, mas o projecto acabou por ser cancelado devido a apelos populares.

Após a reunificação da Alemanha em 1989, um grupo de pessoas juntou-se para promover a reconstrução da igreja. As pedras originais que resistiram em condições foram utilizadas na reconstrução: são as pedras a preto. As outras, mais claras, são pedras novas. Os trabalhos de reconstrução iniciaram-se em 1992 e terminaram em 2005, bem a tempo para as comemorações dos 800 anos da cidade, que se iriam realizar em 2006.

Frauenkirche Dresden Alemanha Mundo Indefinido

 
Site: Frauenkirche Dresden
Horário: De 2ª a 6ª das 10h00 às 12h00 e das 13h00 às 18h00. Ao fim-de-semana o horário depende dos eventos
Preço: Grátis para a igreja, 8€ para subir à cúpula (5€ para estudantes). Guias-áudio estão disponíveis por 2,50€
Morada: Neumarkt, 01067 Dresden


2. Fürstenzug

O Fürstenzug (Procissão dos Príncipes) é um grande mural que representa os diferentes monarcas da Saxónia. Foi pintado entre 1871 e 1876, mas a pintura acabou por ser substituída por porcelana no início do século XX, para que a obra pudesse resistir melhor ao passar dos anos. Hoje, é o maior mural de porcelana do mundo, tendo 102 metros de comprimento.

O mural retrata 35 marqueses da Saxónia, príncipes-eleitores, duques e reis, todos pertencentes à dinastia Wettin, cujo reinado durou mais de 800 anos. Também estão representados 59 cientistas, artesãos e agricultores. Felizmente, o bombardeamento de 1945 apenas causou danos mínimos ao mural.

Fürstenzug 01 Dresden Alemanha Mundo Indefinido

Fürstenzug 02 Dresden Alemanha Mundo Indefinido

Fürstenzug 03 Dresden Alemanha Mundo Indefinido

 
Site: Não tem
Horário: Todos os dias
Preço: Grátis
Morada: Augustusstraße, 01067 Dresden


3. Brühlsche terrasse

O Brühlsche terrasse (terraço de Brühl) foi inicialmente construído como parte das muralhas que serviam para proteger a cidade. No século XVIII, o conde Heinrich von Brühl transformou as muralhas num jardim com terraço para o seu palácio. Johann Wolfgang von Goethe chamou-lhe Varanda da Europa, nome pelo qual ainda é conhecido.

Hoje em dia, neste espaço pode-se caminhar enquanto se contempla o rio Elba e se admiram os edifícios históricos que por ali se encontram, como o Lipsiusbau e a sua cúpula de vidro, também conhecida como espremedor de limões devido à sua forma.

Bruhlsche terrasse 01 Dresden Alemanha Mundo Indefinido Bruhlsche terrasse 02 Dresden Alemanha Mundo Indefinido Bruhlsche terrasse Elba Dresden Alemanha Mundo Indefinido Bruhlsche terrasse Lipsiusbau Dresden Alemanha Mundo Indefinido

 
Site: Não tem
Horário: Todos os dias
Preço: Grátis
Morada: Brühlsche terrasse, 01067 Dresden


4. Residenzschloss

O Residenzschloss ou Dresdner Schloss (Palácio Real ou Castelo de Dresden, respectivamente) foi, durante muitos anos, a residência dos príncipes-eleitores e dos reis da dinastia Wettin. Destruído no bombardeamento de 1945, este espaço soube-se reinventar. Hoje em dia chama-se Residenz der Kunst und Wissenschaft (Palácio das Artes e Ciências), embora seja mais conhecido pelo nome antigo.

Funcionando como museu, as suas salas - incrivelmente bonitas - foram restauradas de forma a ficarem o mais próximo possível do original. Há diferentes espaços para visitar, cada um mais brilhante do que o anterior. Infelizmente, não me foi possível tirar fotografias ao interior do palácio, mas muitas das salas fizeram-me lembrar os museus que vi em São Petersburgo.

Residenzschloss 01 Dresden Alemanha Mundo Indefinido

Residenzschloss 02 Dresden Alemanha Mundo Indefinido

Residenzschloss 03 Dresden Alemanha Mundo Indefinido

 
Site: Residenzschloss (Royal Palace)
Horário: Todos os dias das 10h00 às 18h00, encerra à terça-feira. Há visitas nocturnas das 18h00 às 20h00
Preço: Varia conforme o que se queira visitar. Eu recomendo o bilhete combinado, que custa 21€ (com guia-áudio grátis)
Morada: Taschenberg 2, 01067 Dresden


5. Zwinger

O Zwinger é um palácio barroco que foi mandado construir no início do século XVIII. Os seus jardins serviram como laranjal e galeria da exposições, assim como de palco para festivais para a corte. Hoje, o Zwinger é um complexo de museus que contém uma colecção de porcelana de Dresden e o gabinete real de instrumentos matemáticos e físicos.

Eu, no entanto, só conheci o exterior dos edifícios e os jardins. E não precisei de ver mais nada. No verão, a água a dançar nas fontes deve dar um toque ainda mais especial a este espaço.

Zwinger 01 Dresden Alemanha Mundo Indefinido

Zwinger 02 Dresden Alemanha Mundo Indefinido

Zwinger 03 Dresden Alemanha Mundo Indefinido

 
Site: Dresdner Zwinger
Horário: Todos os dias das 10h00 às 18h00, encerra à segunda-feira. Os jardins estão abertos todos os dias das 6h00 às 20h00 (até às 22h00 de Abril a Outubro)
Preço: 10€ para a galeria de retratos, 6€ para a colecção de porcelana, 6€ para o gabinete real de instrumentos matemáticos e físicos. Visitar os jardins é grátis
Morada: Sophienstraße, 01067 Dresden


6. Sächsische Staatoper

A Sächsische Staatoper ou Semperoper (Ópera Estatal de Dresden) não teve uma vida fácil. Construída em 1841, foi destruída por um incêndio em 1869. Os trabalhos de reconstrução terminaram em 1878, e manteve-se firme durante uns bons anos. Mas foi novamente destruída nos bombardeamentos de 1945... Voltou a erguer-se e, 40 anos depois, foi reinaugurada. Desta vez para ficar.

Nos anos que antecederam a Segunda Guerra Mundial, muitas estreias de obras de Richard Strauss foram ali realizadas. Antes disso, também Carl Maria von Weber e Richard Wagner estrearam lá algumas das suas peças. Hoje, é possível assistir a uma ópera, ou simplesmente fazer uma visita guiada (foi o que eu fiz).

Opera 01 Dresden Alemanha Mundo Indefinido

Opera 02 Dresden Alemanha Mundo Indefinido

 
Site: Semperoper Dresden
Horário: As visitas guiadas em inglês variam de dia para dia, por isso deve-se confirmar neste site 
Preço: As visitam guiadas custam 11€ para adultos, 7€ para estudantes + 3€ para quem quiser tirar fotografias
Morada: Theaterplatz 2, 01067 Dresden


7. Großer Garten

O Großer Garten (Grande Jardim) é um parque com uma forma rectangular, onde os seus caminhos e avenidas estão arranjados de forma simétrica. O Sommerpalais (Palácio de Verão) encontra-se no centro do parque, e é aqui dentro que se situa o Jardim Zoológico de Dresden. Há ainda um pequeno comboio que percorre o parque.

Este é um excelente espaço para andar de bicicleta, fazer um piquenique, ou simplesmente relaxar um pouco.

Grosser Garten 01 Dresden Alemanha Mundo Indefinido

Grosser Garten 02 Dresden Alemanha Mundo Indefinido

Grosser Garten 03 Dresden Alemanha Mundo Indefinido

 
Site: Großer Garten
Horário: O jardim está aberto todos os dias. O palácio só abre quando há eventos e exposições
Preço: Visitar os jardins é grátis
Morada: Großer Garten, 01067 Dresden


8. Kunsthofpassage

Kunsthofpassage é nada mais nada menos do que um conjunto de pequenos pátios, não visíveis a partir da rua. Mas o que têm esses pátios de especial? A arte que por lá mora. Um grupo de artistas redesenhou algumas fachadas dos prédios, e as soluções foram bem originais. São 5 pátios no total, e cada um tem um tema específico: temos o pátio da criatura mítica, o pátio dos elementos, o pátio da luz, o pátio dos animais, e o pátio da metamorfose.

Kunsthofpassage 01 Dresden Alemanha Mundo Indefinido

Kunsthofpassage 02 Dresden Alemanha Mundo Indefinido

Kunsthofpassage 03 Dresden Alemanha Mundo Indefinido

 
Site: Kunsthofpassage
Horário: Todos os dias
Preço: Grátis
Morada: Görlitzer Str. 21-25, 01099 Dresden

Guia prático

Como chegar

Não existem voos directos entre Portugal e Dresden, tendo sempre de haver conexão numa outra cidade alemã, como Frankfurt ou Munique. Outra opção é ir de avião até Berlim e depois apanhar um autocarro ou um comboio. Os autocarros costumam ser mais baratos, mas demoram um pouco mais tempo do que os comboios. Vê os diferentes horários e preços dos comboios no site da Deutsche Bahn. Para os autocarros, há várias companhias que fazem este trajecto. Podes utilizar o site Rome2Rio para ver as diferentes opões.

Mapa

Alojamento

Hilton Dresden é capaz de ser o alojamento que está melhor localizado para quem procura uma visita mais cultural, mas não é para todas as carteiras. Para quem quer um ambiente mais alternativo e com uma vida nocturna agitada, a melhor zona para ficar é Neustadt. Esta zona tem alguns hostels baratos, como o Hostel Lollis Homestay Dresden.