Ao contrário das viagens anteriores, em que os comboios apenas tinham assentos em carruagens comuns, a viagem de Praga para Cracóvia foi feita num compartimento com 6 lugares, que se transformavam em 3 camas. Como apenas tivemos a companhia de um rapaz alemão, que também andava a viajar pela Europa, conseguimos dormir os 3 na horizontal (o que foi bem mais agradável do que dormir sentado). A estação de comboios de Cracóvia fica perto do centro da cidade, e o caminho para lá faz-se através de jardins bonitos, cheios de árvores.

Cracóvia Polónia Mundo Indefinido

Auschwitz I e Auschwitz II – Birkenau

Tal como a Alemanha, e Berlim em particular, também a Polónia tem muitas marcas da Segunda Guerra Mundial. Seria impensável estar em Cracóvia e não ir aos campos de concentração, ainda por cima no ano em que se comemorava 70 anos da libertação. Para quem não sabe, Auschwitz não era o nome de um campo de concentração, mas sim o nome alemão dado a Oświęcim, a cidade em volta da qual os campos eram localizados. Auschwitz era um complexo constituído por três campos: Auschwitz I (campo principal e centro administrativo), Auschwitz II–Birkenau (campo de extermínio) e Auschwitz III–Monowitz. Para além destes três campos, existiam ainda 45 campos satélites. É uma visita que impressiona, e acho que não deixa ninguém indiferente.

Auschwitz Cracóvia Polónia 01 Mundo Indefinido

Auschwitz Cracóvia Polónia 02 Mundo Indefinido

Auschwitz Cracóvia Polónia 03 Mundo Indefinido

Minas de sal de Wieliczka

Wieliczka é uma cidade a cerca de 15 quilómetros de Cracóvia, onde existe uma das mais antigas minas de sal do mundo. Se forem como eu, habituada a ver salinas a céu aberto, o próprio conceito de minas de sal parece estranho. Tinha de ver por mim mesma. A visita dura aproximadamente 3 horas, e são percorridos quase 3 quilómetros debaixo de terra. Podem ser visitadas 20 galerias, todas feitas de sal. Existem ainda estátuas e esculturas, também feitas em sal, como a de Casimiro III, o Grande (primeira fotografia). Estão também representadas várias cenas da bíblia (segunda fotografia). As minas são impressionantes e, no final, pode-se fazer uma visita ao museu e comprar sal ou estátuas feitas em sal, como recordação.

Wieliczka 01 Polónia Mundo Indefinido

Wieliczka 02 Polónia Mundo Indefinido

Museus, monumentos e pontos de interesse

Para além de Auschwitz e das minas de sal, a própria cidade de Cracóvia também tem muitos locais interessantes, e o tempo não dá para tudo. Tivemos de fazer uma selecção, e acabámos por visitar os seguintes locais: igreja da santíssima trindade, teatro Juliusz Słowacki (primeira fotografia), barbacã (segunda fotografia), porta de São Floriano, complexo do castelo real de Wawel (terceira fotografia), igreja de São Francisco de Assis, igreja de São Pedro e São Paulo, igreja de Santo André, quarteirão judeu, e salão dos tecidos.

Cracóvia Polónia 01 Mundo Indefinido

Cracóvia Polónia 02 Mundo Indefinido

Cracóvia Polónia 03 Mundo Indefinido

Curiosidades

Existe uma lenda associada à cidade de Cracóvia, que é a lenda do Dragão de Wawel. Não transcrevo aqui a lenda, mas quem tiver curiosidade pode lê-la na internet ou no livro O Dragão de Wawel e outra lendas polonesas (edição brasileira). O dragão é uma imagem de marca da cidade, e no complexo do castelo existe uma estátua, logo na saída da sua caverna.

Cracóvia Polónia Dragão Mundo Indefinido

Até Viena!

3 comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *