Roménia, Timișoara

Percorrendo a cidade de Timișoara, na Roménia

Timișoara Roménia Mundo Indefinido

Chegámos a Timișoara (lê-se Timichoara) vindos de Budapeste, num comboio que saiu da capital húngara ainda antes das 7h00.  Já passava da hora de almoço quando chegámos àquela que é uma das cidades mais jovens da Roménia. Aqui, em Timișoara, iria ter início uma viagem de uma semana pelo país do drácula.

Ao contrário de viagens anteriores, como o interrail ou o transiberiano, o comboio não seria o transporte principal. Iríamos alugar um carro. Sabíamos que cidades queríamos conhecer, mas deixámos alguma flexibilidade. Até porque a principal vantagem de se viajar de carro é podermos parar onde e quando quisermos.

Fomos a pé desde a estação de comboios de Timișoara até à Piața Victoriei (Praça da Vitória), onde se localizava o nosso DownTown Hostel. Deixámos as malas e saímos para visitar a cidade. O dia já ia quase a meio!

A Piaţa Victoriei de uma ponta à outra

A primeira visita do dia foi a Catedral Metropolitana Ortodoxa (Catedrala Mitropolitană din Timișoara), num dos extremos da Piaţa Victoriei (Praça da Vitória). Lá dentro, estava a decorrer um ritual. Três casais com trajes de cerimónia seguravam velas, enquanto o padre ou bispo lhes dava instruções. Não posso garantir, mas penso que era uma renovação de votos de casamento.

A cerimónia não nos impediu de desfrutar da igreja, muito pelo contrário. Deu-lhe até um ambiente mais vivo, mais humano. O seu interior é recheado de objectos religiosos históricos e artísticos, incluindo muitas pinturas iconográficas antigas.

Percorremos a Piaţa Victoriei até ao seu extremo oposto, onde se encontra a Ópera (Opera Națională Română). A praça foi concebida no início do século XX e, em 1989, tornou-se completamente reservada a peões. É um local muito agradável para se passar uma tarde num café, ou num dos bancos de jardim que por lá se encontram.

Ao longo do caminho, desfrutámos das cores maravilhosas do florido jardim que adorna o centro da praça. A meio do percurso, uma estátua de Rómulo e Remo deixou-nos intrigados. É uma réplica da estátua que se encontra em Roma, e terá sido oferecida pela capital italiana em 1906, como símbolo das origens latinas da Roménia.

Rómulo e Remo Timișoara Roménia Mundo IndefinidoCatedral Metropolitana Ortodoxa interior Timișoara Roménia Mundo IndefinidoPiaţa Victoriei 01 Timișoara Roménia Mundo Indefinido Piaţa Victoriei 02 Timișoara Roménia Mundo Indefinido

Piaţa Libertăţii, uma praça transformada

Seguimos pela curta Strada Alba Iulia, até chegar à Piaţa Libertăţii (Praça da Liberdade). A praça teve uma grande intervenção em 2014, que a tornou numa zona totalmente pedonal. É aqui que se encontram a antiga Câmara Municipal e um estátua de São João Nepomuceno (Sfântului Ioan Nepomuk). O seu chão, visto de cima, forma um curioso padrão circular.

Vi fotografias da praça antes da intervenção, e a transformação fica-lhe bem. Gosto de locais assim, sem carros, onde as pessoas podem andar livremente de um lado para o outro.  Acho que são muito mais especiais.

Ao sair da Piaţa Libertăţii, fizemos um desvio para ver a Sinagoga (Sinagoga din Cetate).  Infelizmente, apenas a vimos por fora, uma vez que se encontrava fechada.

Piaţa Libertăţii 01 Timișoara Roménia Mundo Indefinido Piaţa Libertăţii 02 Timișoara Roménia Mundo Indefinido.JPGSinagoga Timișoara Roménia Mundo Indefinido

Quando surpresas acontecem

Seguimos sempre em frente na Strada Mărăşeşti, um pouco sem destino, a tentar compreender a alma da cidade. Gosto particularmente de ver as pessoas nas suas deslocações diárias e rotineiras. O café onde vão lanchar a meio da tarde, o quiosque onde compram o jornal, o jardim onde vão passear com os filhos ao fim-de-semana.

Foi exactamente um jardim que me surpreendeu, durante a nossa caminhada um pouco errática por Timișoara. Depois de passarmos o hospital, deparámo-nos com uma zona murada, com um portão aberto. Cá fora, lia-se Parcul Botanic. Um jardim botânico gratuito mesmo à nossa frente. Entrámos.

Percorremos parte do jardim, observando as suas árvores e flores. Aproveitámos para nos sentarmos num dos bancos e ficámos a ver as pessoas que por ali andavam, num passo lento, descontraído, de quem aproveita a tarde de domingo para renovar energias.

Parcul Botanic 01 Timișoara Roménia Mundo Indefinido Parcul Botanic 02 Timișoara Roménia Mundo Indefinido Parcul Botanic 03 Timișoara Roménia Mundo Indefinido

A beleza que cabe numa praça

Ao sair do jardim botânico, passámos rapidamente pela Piaţa Mărăşti. Mal sabia eu que, uns passos mais à frente, iria ver aquela que é, para mim, a mais bonita praça de Timișoara, quiçá de toda a Roménia.

A Piaţa Unirii (Praça da União) é apaixonante. Em estilo barroco, é o centro da cidade velha. Aqui encontram-se o Palácio Barroco, as Igrejas Católica e Sérvia, assim como lindíssimos edifícios coloridos. O facto de também esta praça ser uma zona apenas para pedestres, é uma mais valia indescritível.

O centro histórico de Timișoara é para as pessoas, não para os carros. Isso agradou-me profundamente.

Piaţa Unirii 01 Timișoara Mundo IndefinidoPiaţa Unirii 03 Timișoara Mundo IndefinidoPiaţa Unirii 02 Timișoara Mundo Indefinido

O monumento mais antigo de Timişoara

Continuámos a percorrer as ruas da cidade, e acabámos por ir dar novamente perto da Piaţa Victoriei. Ali mesmo ao lado, encontrava-se o Castelo Huniade (Castelul Huniade din Timișoara).

Inicialmente construído entre 1308 e 1315, foi destruído por um terramoto. A sua reconstrução data do século XV. Hoje, abriga um museu e tem o título de edifício mais antigo de Timişoara.

Huniade 01 Timișoara Roménia Mundo Indefinido Huniade 02 Timișoara Roménia Mundo Indefinido Huniade 03 Timișoara Roménia Mundo Indefinido

Provando a gastronomia romena

O dia já ia longo. O percurso que se faz facilmente em menos de uma hora, demorou-nos a tarde toda. É assim que gosto dos meus passeios: com tempo para desfrutar.

Como o corpo reclamava alimento, decidimos que íamos jantar num local com comida tradicional romena. A Casa Bunicii 1 pareceu-nos uma boa opção. Era do outro lado do rio Bega, o que nos permitia ver um pouco mais da cidade.

A margem sul de Timişoara, já fora do centro histórico, não me atraiu. O restaurante, esse, deixou-me maravilhada. A comida era deliciosa, e deixou-me com vontade de provar mais pratos romenos. Comemos galinha com colorau e batatas, e uma massa com três queijos que estava uma delícia. Para terminar, uma saborosa sobremesa com recheio de ameixa.

Prato 1 Timișoara Roménia Mundo Indefinido Prato 2 Timișoara Roménia Mundo Indefinido Sobremesa Timișoara Roménia Mundo Indefinido

No dia seguinte, iríamos buscar o carro que tínhamos reservado, e que nos ia ajudar a explorar este maravilhoso país que é a Roménia. Muito mais havia para conhecer!

Guia prático

Como chegar

Eu fui para Timișoara vinda de Budapeste, num comboio que saiu bem cedo da capital húngara. Há voos de algumas cidades europeias para Timișoara, como Munique. E, claro, de Bucareste também existem voos, comboios e autocarros. Timișoara foi o meu ponto de partida para explorar a Roménia de carro, que é uma opção que aconselho vivamente.

Mapa com o percurso

Alojamento

Aquando da minha visita a Timișoara, fiquei alojada no DownTown Hostel, um espaço bem no centro da Piaţa Victoriei. Uma excelente localização! O hostel é bem pequeno, mas deu perfeitamente para o seu propósito: dormir e recarregar baterias. No entanto, há outras opções em Timișoara, é só procurar.